Pesquisar

10 dicas de mestre para obter sucesso nos negócios

Confira os 10 princípios para o sucesso no varejo deixados pelo mestre Abilio Diniz

Uma das figuras empresariais que mais se destacou no Brasil, Abilio Diniz, fundador do Grupo Pão de Açúcar (GPA), faleceu em fevereiro, aos 87 anos, mas deixou como legado valiosas lições para o sucesso no varejo.

O empreendedor, que iniciou a sua jornada aos 13 anos, construiu um império, tornando-se um dos homens mais ricos do país, com uma fortuna estimada em US$ 2 bilhões (R$ 9,9 bilhões), segundo a Forbes. E se engana quem pensa que ele não trabalhava mais. Abilio permaneceu ativo até seus últimos momentos, ocupando, inclusive, a vice-presidência do conselho do grupo Carrefour Brasil, o segundo maior varejista do mundo, detendo quase 14% dos direitos de voto.

As estratégias utilizadas por Diniz para transformar um pequeno negócio familiar em uma das maiores redes varejistas do país continuam a inspirar outros empresários brasileiros e solidificaram sua posição como referência no setor. Aqui estão as principais lições deixadas por Abilio Diniz para o sucesso nos negócios:

  1. Conheça profundamente o negócio e participe ativamente;
  2. Enfrente os desafios de frente;
  3. Assuma responsabilidade por problemas e erros;
  4. Estabeleça valores claros e mantenha-os
  5. Adote boas ideias, mesmo que não sejam suas
  6. Equilibre rigidez e empatia na liderança;
  7. Simplifique processos para evitar reuniões desnecessárias;
  8. Sonhe alto e celebre conquistas;
  9. Mantenha uma visão otimista mesmo diante de desafios;
  10. Busque o autoconhecimento para o aprimoramento pessoal.

Essas lições, baseadas na vida e experiência de Abilio Diniz, continuam a inspirar empreendedores e líderes no cenário empresarial brasileiro. Agora, veja alguns pensamentos do mestre do varejo e inspire-se:

“Meu pai me incentivava a participar do negócio (doceria familiar Pão de Açúcar, criada na década de 1950). O que eu mais gostava era de ir com o motorista fazer entregas”, disse em entrevista à Forbes Abilio Diniz, que era o mais velho de 7 filhos e vivenciou todos os processos do empreendimento. “Uns sonham com o sucesso, nós acordamos cedo e trabalhamos duro para consegui-lo”, dizia meu pai.

“Quando você é jovem, tem que fazer tudo. Não dá para ficar: ‘só gosto de escritório’. Jovens que estudaram muito, em geral, não querem ralar em loja. E a vida está nas lojas, não na corporação”, falou em entrevista à Folha de S.Paulo em 2012.

“Para crescer, é essencial olhar para o espelho e não para a janela”, disse o empresário durante palestra na HSM Management 2015, feira de gestão empresarial. O empresário ensinou que um bom empreendedor deve pergunte-se sobre o que pode fazer e o que deixou de fazer para lidar com o problema. “Quando você culpa terceiros, você não pode agir sobre eles. O que está do lado de fora pode até ser importante, mas você não controla”, destacou.

“Costumo ensinar para meus alunos do curso de liderança na FGV (Fundação Getulio Vargas) que se tiverem que cometer erros, que sejam só erros novos. Os erros cometidos por outras pessoas não me dão o direito de cometer os meus”, ensinou em entrevista à Folha em 2011.

“Esses valores (humildade; determinação e garra; disciplina; equilíbrio emocional; honestidade e ética) definem o meu caminho, a estrada por onde ando. Honestidade e ética significam respeito. É saber claramente o que é seu e o que não é. É saber onde está o direito dos outros e se conduzir pela lei não escrita dos homens, mas que precisa ser observada. Quando eu era mais jovem, entrei em dezenas de brigas. Nunca fui desleal, mas nunca deixei de lutar pelo que acreditava”, escreveu o fundador do GPA.

“Na minha vida, eu sempre fui muito mais um copiador do que um inventor. É muito mais fácil. Vai fazer uma coisa nova? Quem está fazendo melhor isso no mundo hoje? Vai lá, olha, copia direitinho, e se for possível, melhora para você. Estive em quase todas as redes (de supermercado) da Europa. Conheço profundamente o varejo nas principais regiões dos Estados Unidos. Fui ver até como operavam redes em países distantes como Rússia e China. É difícil falar um negócio desses, mas deve existir muito pouca gente no mundo que visitou tanta loja de supermercado quanto eu”, declarou na biografia “Abilio – Determinado, Ambicioso e Polêmico”, de Cristiane Correa.

“As pessoas fazem reunião porque não sabem o que fazer ou para dividir a responsabilidade, se algo der errado. Quando você tem processos bem simplificados, o resultado é quase ausência de reuniões”, disse em palestra na HSM Management em 2015.

“Tenho sempre minhas ambições, mas tem algo que é muito importante: você não pode amar só o que ambiciona, tem que amar o que já tem. Se você vive só da ambição, não aproveita o que já conquistou”, declarou em 2015 na palestra realizada na HSM Management.

“Minha característica é ser otimista. O otimista vive melhor, vive mais feliz”, reconheceu Abilio Diniz em conversa com o time da Exame, no ano passado. “Eu sou otimista com o Brasil. O Brasil é imenso, o brasileiro é um povo extraordinário. Eu sou otimista com o futuro do Brasil e sou orgulhoso do país em que nasci e pretendo continuar assim até o fim dos meus dias”, disse.

“Envelhecer bem é uma escolha. Eu comecei a fazer 80 anos com 29. Eu, naquela altura, já era um cara bem-sucedido na vida, forte, saudável, mas não era feliz, era muito tenso. E um dia comecei a me sentir mal, e fui num médico. O cardiologista chegou para mim e disse: ‘Você não tem nada por enquanto, mas vai ter se cuidar da sua cabeça, se você não procurar ser menos tenso’. E, com isso, eu procurei um analista, procurei alguém que pudesse me ajudar, e comecei as minhas primeiras sessões de análise. Duas vezes por semana comecei a procurar entender quem é que era o Abilio. E isso foi muito importante para mim na minha vida”, relatou.

Compartilhe 👍

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba os nossos informativos

Obtenha o melhor artigos que irão impulsionar o seu negócio, esteja atualizado toda a semana. Cancele a qualquer momento.